Trabalhadores e movimentos sociais da Paraíba realizaram carreata pelo Fora Temer e Diretas Já

Cerca de 50 carros percorreram vias centrais de João Pessoa ao som de Fora Temer e Diretas Já

Escrito por: ascom CUT-PB • Publicado em: 25/05/2017 - 09:52 Escrito por: ascom CUT-PB Publicado em: 25/05/2017 - 09:52

Emmanuela Nunes

 

A classe trabalhadora e os movimentos sociais da Paraíba realizaram nesta quarta-feira (24), o Ato Público pelo “Fora Temer Diretas Já” com panfletagens pelo Parque Solon de Lucena e uma carreata, que saiu da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) até a Lagoa.

Durante o percurso, lideranças do movimento sindical denunciaram as estratégias do governo em acelerar a aprovação das reformas trabalhista e da Previdência, num momento em que o país afunda numa crise política com um governo mergulhado em corrupção.

Segundo o presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo, a classe trabalhadora entende que o momento é de lutar pelas Diretas Já. “Nós estamos acompanhando o maior ataque à classe trabalhadora por políticos corruptos, que não tem o menor compromisso com a nação e tampouco representam os anseios da população brasileira. Todo esse cenário de corrupção comprova a ilegitimidade do governo, que não tem e nunca teve condição de permanecer no poder. É nesse ritmo de resistência pelas Diretas Já, que a classe trabalhadora e os movimentos sociais lutam. Por isso, os trabalhadores exigem a realização de Eleições Diretas Já e o cancelamento das reformas da previdência e trabalhista”, salientou o presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo.

Desde a última quarta-feira (17), quando foram divulgadas gravações de pedidos de propinas feitas aos donos do grupo JBS/FRIBOI por Aécio Neves e Michel Temer, o povo paraibano foi às ruas exigir Diretas Já com protestos realizados na quinta-feira (18), tanto na Capital como em Campina Grande, que se estendeu pelo domingo (21) com protestos no Busto de Tambaú, em João Pessoa, sendo este o terceiro ato, em menos de uma semana pelo Fora Temer e pelas Eleições Diretas Já.

Título: Trabalhadores e movimentos sociais da Paraíba realizaram carreata pelo Fora Temer e Diretas Já, Conteúdo:   A classe trabalhadora e os movimentos sociais da Paraíba realizaram nesta quarta-feira (24), o Ato Público pelo “Fora Temer Diretas Já” com panfletagens pelo Parque Solon de Lucena e uma carreata, que saiu da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) até a Lagoa. Durante o percurso, lideranças do movimento sindical denunciaram as estratégias do governo em acelerar a aprovação das reformas trabalhista e da Previdência, num momento em que o país afunda numa crise política com um governo mergulhado em corrupção. Segundo o presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo, a classe trabalhadora entende que o momento é de lutar pelas Diretas Já. “Nós estamos acompanhando o maior ataque à classe trabalhadora por políticos corruptos, que não tem o menor compromisso com a nação e tampouco representam os anseios da população brasileira. Todo esse cenário de corrupção comprova a ilegitimidade do governo, que não tem e nunca teve condição de permanecer no poder. É nesse ritmo de resistência pelas Diretas Já, que a classe trabalhadora e os movimentos sociais lutam. Por isso, os trabalhadores exigem a realização de Eleições Diretas Já e o cancelamento das reformas da previdência e trabalhista”, salientou o presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo. Desde a última quarta-feira (17), quando foram divulgadas gravações de pedidos de propinas feitas aos donos do grupo JBS/FRIBOI por Aécio Neves e Michel Temer, o povo paraibano foi às ruas exigir Diretas Já com protestos realizados na quinta-feira (18), tanto na Capital como em Campina Grande, que se estendeu pelo domingo (21) com protestos no Busto de Tambaú, em João Pessoa, sendo este o terceiro ato, em menos de uma semana pelo Fora Temer e pelas Eleições Diretas Já.



Informativo CUT PB

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.