Ato final da caravana será suprapartidário, contra a violência e pela democracia

Presidenciáveis do campo da esquerda e lideranças de todo o país se reunirão em Curitiba

Escrito por: CUT Nacional • Publicado em: 28/03/2018 - 15:42 Escrito por: CUT Nacional Publicado em: 28/03/2018 - 15:42

 LIDYANE PONCIANO

A Caravana Lula Pelo Brasil concluirá nesta quarta-feira (28) sua vitoriosa passagem pelos estados do Sul com um grande Ato Suprapartidário Contra a Violência e Pela Democracia, às 17h na Praça Santos Andrade em Curitiba. 

Já estão confirmadas as presenças da candidata à presidência Manuela D'Ávila (PC do B), do candidato Guilherme Boulos (PSOL), dos senadores Roberto Requião (MDB) e João Capiberibe (PSB), parlamentares e dirigentes do PT, PSB, PSOL, PCdoB e PDT, movimentos populares e sindical que formam as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, como CUT, MST e MTST, e outras personalidades que defendem a democracia.

As violentas agressões à caravana, que culminaram com um atentado a tiros na noite de terça (27), em Quedas do Iguaçu (PR), além de atingir Lula e o PT, atentam contra as liberdades políticas e contra própria democracia e, por isso, são repudiadas por todas as forças democráticas do Brasil.

Título: Ato final da caravana será suprapartidário, contra a violência e pela democracia, Conteúdo: A Caravana Lula Pelo Brasil concluirá nesta quarta-feira (28) sua vitoriosa passagem pelos estados do Sul com um grande Ato Suprapartidário Contra a Violência e Pela Democracia, às 17h na Praça Santos Andrade em Curitiba.  Já estão confirmadas as presenças da candidata à presidência Manuela DÁvila (PC do B), do candidato Guilherme Boulos (PSOL), dos senadores Roberto Requião (MDB) e João Capiberibe (PSB), parlamentares e dirigentes do PT, PSB, PSOL, PCdoB e PDT, movimentos populares e sindical que formam as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, como CUT, MST e MTST, e outras personalidades que defendem a democracia. As violentas agressões à caravana, que culminaram com um atentado a tiros na noite de terça (27), em Quedas do Iguaçu (PR), além de atingir Lula e o PT, atentam contra as liberdades políticas e contra própria democracia e, por isso, são repudiadas por todas as forças democráticas do Brasil.



Informativo CUT PB

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.